Pesquisar este blog

domingo, 2 de dezembro de 2012

Acelera aê, hoje é dia de Ivete!

Sempre gostei da personalidade de Ivete Sangalo e de algumas de suas músicas, mas nunca fiz planos para vê-la ao vivo. Minha sobrinha Márcia é fã dela e foi com ela que comecei a gostar mais das canções da Ivete. Vi no jornal que ela estaria em São Paulo, iniciando a turnê de apresentação do seu novo disco Real Fantasia. Consegui dois ingressos e levei a Márcia para ver de perto a sua "ídala".

Sexta-feira, 1º de dezembro, Via Funchal, às 23h30 as luzes se apagam. Euforia do público gritando varias vezes "P... que pariu, a Ivete é a melhor cantora do Brasil!". Os músicos entram no palco. Acordes são entoados em alguns instrumentos. Num telão vertical no meio do palco, são exibidas imagens cósmicas. Surge no palco a Rainha do Axé com um macacão branco forrado de brilho. À sua volta, quatro bailarinos. Ela abriu o show com No Brilho Desse Olhar, seguida pela nova Real Fantasia e Cadê Dália"Boa noite São Paulo!!" Saldou o publico a carismática e iluminada Ivete, e seguiu cantarolando "Êh, êh, êh, São Paulo/Êh São Paulo/São Paulo da garoa/São Paulo que terra boa." Depois, toda animada, virou-se pra a plateia com a pergunta: "Sabem pra quem é esse show? Vocês sabem pra que é esse show? É pra vocês, porra!"

Vieram, então, as agitadas Arerê, No Meio Do Povão, Balançando Diferente, Acelera Aê, Essa Distância, Sorte Grande e Não Quero Dinheiro. - Haja fôlego e disposição para acompanhar o ritmo! Não sei como ela aguenta. - Em seguida, as mais calmas, a linda Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim e mais Só Num Sonho, Quando A Chuva Passar e Isso Não Se Faz

Pausa para a troca de roupa e para nós recuperarmos a energia. E lá vem ela num vestido roxo e verde, cheio de brilho. "Vocês querem participar da gravação do clipe que vai passar no mundo todo?" perguntou Ivete. "Simmmmmmm!!" respondeu o publico eufórico num só coro (abaixo, vídeo registrado por mim).

E começou a gravação com coreografia ensinada pela Sangalo. Na sequência vieram os hits: Chorando Se Foi, Preta, Céu Da Boca, Delira Na Guajira, Flor Do Reggae, Onde Você Mora, Na Base Do Beijo, Desejo De Amor, Levada Louca e Empurra Empurra. Nessa última música, Ivete recolheu carinhosamente os presentes e distribuiu autógrafos em vários encartes do novo CD. 

E para finalizar, o bis teve Dançando, Eva, Alô Paixão e Beleza Rara. Os músicos e bailarinos estavam já saindo do palco, mas Ivete não queria continuar e começou a cantarolar: "Alguma coisa acontece no meu coração/Que só quando cruza a Ipiranga e a avenida São João/É que quando eu cheguei por aqui eu nada entendi/Da dura poesia concreta de tuas esquinas/Da deselegância discreta de tuas meninas/Ainda não havia para mim Rita Lee/A tua mais completa tradução/Alguma coisa acontece no meu coração/Que só quando cruza a Ipiranga e a avenida São João." Linda essa Ivete! E lá se foi ela, agradecendo ao publico paulistano.

Dançando (um trecho da gravação do clipe).
video

Foi um belíssimo show, embora algumas coreografias fossem um pouco cafonas - imagine a Ivete rebolando de costas com a mão apoiada num banquinho alto, desnecessário né? - muita energia, muita luz e todo mundo dançando, pulando, batendo palmas e cantando todas as músicas em quase duas horas de espetáculo.

Parabéns Ivete pelo lindo show. Obrigado Márcia pela sua energia e emoção contagiante. Obrigado Carol e Miguel pelos ingressos e carinho.

2 comentários:

  1. Foi um dos momentos mais emocionantes de minha vida pq Ivete é simplesmente sensacional... Obrigada meu papain, meu queridississimo migs e tb a Carol... não tenho palavras para agradecer... pulei, gritei, chorei, cantei.... só faltou um abraço em Ivete... mas isso um dia eu cinseguirei!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz com a sua felicidade Bebeim! Não se preocupe, um dia ainda pegamos a Ivete! Tks! Bjs bjs

      Excluir