Pesquisar este blog

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Michael Jackson and me

Há exatamente um ano atrás, estava eu e o Miguel comemorando o meu aniversário em Toledo, Espanha. A cidade medieval fica a uma hora de trem de Madrid. Fomos passar o dia lá e conhecer este charmoso sítio. Voltamos para Madrid, e ao ligar a tv no quarto do hotel, estavam noticiando a morte do Rei do Pop. Não acreditei.

Algum tempo depois, assistindo alguns especiais sobre sua vida na televisão, ouvi um trecho de uma música (abaixo) que despertou minha memória musical e me fez criar este blog.

Dei-me conta então de que um garotinho negro, dono de uma voz impecável, que cantava com seus irmãos e fazia muito sucesso no início da década de 1970, era o mesmo pop star, branco, magro, desfigurado e que repetiu o mesmo sucesso nas décadas de 1980 e 1990. A mesma pessoa! Quanta diferença. 

Tudo bem, o mundo evolui e muda a cada momento, então, por que estranhar um astro e sua metamorfose ambulante? Decifra-me!

Não sou fã de carteirinha do Michael Jackson, mas gosto da sua música, do seu ritmo e dos seus clipes revolucionários. 

Pra mim, um típico saudosista, a melhor fase do cantor e compositor foi entre os álbuns Off The Wall (1979) e Thriller (1982). Destaque para as músicas Rock With You, Don´t Stop 'Til You Get Enough', Human Nature, Billie Jean, The Girl Is Mine e, é claro, Thriller. Gosto também das faixas I Just Can´t Stop Loving You e Man In The Mirror do álbum Bad (1987).

A música que despertou minhas memórias é On Day In Your Life, do álbum Forever, Michael (1975). A faixa tocava nas rádios e na vitrola da minha irmã Rosely e da minha prima Myrian. Ficaram registradas também, as faixas I´ll Be There (1970), Never Can Say Goodbye e Got To Be There (1971), Ben (1972), Music & Me e Happy (1973).

On Day In Your Life
Um dia em sua vida
video

Nenhum comentário:

Postar um comentário