Pesquisar este blog

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Nada será como antes

O carioca Milton Nascimento - sempre achei que ele fosse mineiro - comemora o seu septuagésimo aniversário no mesmo ano que seus amigos de estrada Caetano Veloso e Gilberto Gil. Sem dúvida uma geração de artistas que fez toda a diferença na história da música brasileira. Não canso de ouvir as músicas dessa turma sensível e criativa. Elas são atemporais, vão e voltam com o mesmo brilho, com a mesma emoção. Prova disso são as trilhas sonoras das novelas e séries da televisão, sempre com um revival pra destoar dessa gama de músicas comerciais e descartáveis. Roberto, Erasmo, Ney, Caetano, Chico, Gil, Elis, Rita, Edu, Nara, Gal, Bethânia, Gonzaguinha, Raul, Tim, João, Jorge, Simonal, Jair, Clara, Beth, Martinho, e outros tantos músicos, compositores e cantores que não são das gerações "X", "Y", "índigo" ou "cristal, mas fizeram e continuam a fazer toda diferença na cultura brasileira. É difícil de entender e de acreditar mas, nada será como antes.

Parabéns Bituca! Longa vida pra você e para sua linda obra.

Segue o vídeo de uma das músicas dele que gosto muito e que ficou eternizada na voz da Elis Regina.

Nada Será Como Antes, álbum Clube Da Esquina, 1972. 
video

Nenhum comentário:

Postar um comentário