Pesquisar este blog

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Mamma Mia!

Ontem assisti ao musical Mamma Mia! no Teatro Abril. Não poderia estar em melhor companhia, Miguel e os queridíssimos Riccelli e Bruna. O musical original foi montado e produzido pelos amigos, e ex-ABBA, Björn e Benny em 1999. Sucesso de bilheteria pelo mundo foi montada aqui também com as músicas traduzidas para o português para entendimento da história pelo público. O musical foi no máximo honesto e fiel ao original. E, fez lembrar-me das vezes que ia visitar meus avós paternos Zepherino e Noemia no final dos anos 1970. Algumas vezes me deparada com um especial do ABBA na televisão com a imagem super colorida e com o som bem alto. Pudera, meus avós já tinham pra lá de 80 anos. 

Björn, Agnetha, Frida e Benny
Recordo-me que, muitos anos depois, assistindo o filme Priscila, A Rainha Do Deserto (1994), de ter novamente me empolgado em escutar ABBA. Tem uma cena no filme em que dois amigos gays e travestidos de Agnetha e Frida cantam Mamma Mia, um dos maiores sucessos da banda. É bem verdade que o filme que ressuscitou o ABBA foi O Casamento de Muriel (também de 1994). A protagonista Muriel era apaixonada pelo ABBA. Fato nem tanto curioso, os australianos adotaram o ABBA, o que explica uma turnê da banda pelo país em 1977 e que acabou virando um filme, ABBA: The Movie

O grupo sueco surgiu em 1972 nas mãos dos músicos e compositores Björn Ulvaeus e Benny Andersson e nas vozes de Agnetha Fältskog e Anni-Frid Lyngstad (Frida). O nome da banda é um acrónimo formado pelas iniciais dos integrantes do grupo. O ABBA emplacou vários sucessos durante a década de 1970 e o início dos anos 1980. Ficaram 160 semanas ocupando os primeiros lugares nas paradas do Reino Unido, perdendo apenas para os Beatles. Tinham um visual extravagante e se tornaram mais tarde uma banda cult. Já venderam mais de 375 milhões de álbuns pelo mundo todo e continuam com uma receita de 3 milhões de vendas por ano. O grupo encerrou sua carreira em 1983 com a saída de Agnetha e Frida. 

Björn e Benny continuam até hoje com a peça teatral Mamma Mia! vista por mais de 35 milhões de espectadores e em exibição permanente em cidades como Las Vegas, Tóquio, Hamburgo, Londres, Dublin, Nova Iorque, Toronto, Bucarest e Seul.

Destaque para as músicas: Dancing Queen, Knowing Me, Knowing You, Take A Chance On Me, The Winner Takes It All, Money, Money, Money, SOS, Super Trouper, Chiquitita, Voulez-Vous, Gimme! Gimme! Gimme! (A Man After Midnight), Waterloo e...

Mamma Mia
video

Um comentário:

  1. ah! nem me chamaram....... o filme eu já assisti umas 10 vezes!...rs... eu tb adoro ABBA, e gosto de tudo o que lembra a musica deles....
    bjos

    ResponderExcluir