Pesquisar este blog

domingo, 22 de junho de 2014

Vingança - O Musical

Ontem, após indicação da produtora e assessora de imprensa Célia Forte, tive o prazer de conhecer mais sobre a obra do compositor gaúcho Lupicínio Rodrigues (1914 - 1974) através de Vingança - O Musical

A obra é inspirada no cancioneiro do compositor e escrita pela também atriz Anna Toledo. Trata-se de três triângulos amorosos que tem como pano de fundo a vida boêmia de um cabaré nos anos 1950. O elenco afinado tem uma boa química e dão vida para personagens passionais. São eles: Amanda Acosta (Maria Rosa), Andrea Marquee (Linda), Anna Toledo (Luzita), Jonathas Joba (Liduíno), Leandro Luma (Alves), Sérgio Rufino (Orlando) e Guilherme Terra (Seu Maestro). 

No palco, duas penteadeiras, três mancebos e algumas cadeiras dividiam o cenário com os músicos Guilherme Terra - piano, Jeferson de Lima - violão e Ricardo Berti - percursão.

Já escutei várias músicas de Lupicínio Rodrigues sem ligar a autoria a ele, como por exemplo Felicidade (Felicidade foi se embora/E a saudade no meu peito ainda mora/E é por isso que eu gosto lá de fora/Porque sei que a falsidade não vigora...) e Nunca (Nunca/Nem que o mundo cai sobre mim/Nem se Deus mandar/Nem mesmo assim/As pazes contigo eu farei...). Pudera, sua época remonta à era dos gêneros samba-canção e dor de cotovelo, aliás, esse último teria sido inventado por ele. Lupicínio buscou em sua própria vida a inspiração para suas canções, onde a traição e o amor andavam sempre juntos. Famoso pela franqueza que expressava em suas canções, foi casado desde a juventude com a mesma mulher. E ainda assim, acreditava que um homem devia ter uma esposa dentro de casa e várias mulheres na boemia. Foi proprietário de vários bares, churrascarias e restaurantes com música, que seguidamente ia abrindo e fechando. Tudo apenas para ter, antes do lucro, um local para encontra os amigos. 

Suas obras foram interpretadas por medalhões do rádio, entre eles Francisco Alves, Ciro Monteiro e Linda BatistaOs cantores Francisco Egydio, Jamelão e Joanna já dedicaram um disco inteiro ao repertório de LupicínioOutros grandes artistas da música brasileira que gravaram suas canções: Caetano Veloso - FelicidadeElis Regina - Maria RosaElza Soares - Cadeira VaziaGal Costa - VoltaGilberto Gil - Esses MoçosGonzaguinha - Ela Disse-me AssimJoão Gilberto - Quem Há De DizerMaria Bethânia - VingançaPaulinho da Viola - Nervos De AçoSimone - Se Acaso Você ChegasseZizi Possi - Nunca. Deixou mais de cem músicas gravadas e acredita-se que outra quantidade igual tenha sido perdida.

E nada melhor que o autor dessa grande obra para ilustrar o post.

Vingança
video

2 comentários:

  1. Muito bom!
    Poder ouvir o próprio Lupicinio em pleno 2014 é mais do que um presente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Mário. Que bom que não somos órfãos de tanto talento e sensibilidade, né? Obrigado. Abraço!

      Excluir