Pesquisar este blog

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Paixões Violentas e Caminhos Violentos

Dois clipes com cenas de filmes de cinema que gostava de ver na TV. O primeiro com Phil Collins e o segundo com a Madonna. Duas músicas inesquecíveis. Coincidência ou não, descobri com esse post que os dois filmes tem títulos semelhantes. Confira:

Não vi o filme Against All Odds (Paixões Violentas), 1984, mas pelo vídeo dá para ter uma ideia do enredo. Um triângulo amoroso envolvendo os personagens interpretados por Rachel Ward, Jeff Bridges e James Woods. Um ex-jogador de futebol (Bridges) vai até o México resgatar a esposa desaparecida (Ward) do seu contratante (Woods), e na missão acaba se apaixonando por ela. A música de letra sensível tem uma melodia harmoniosa, e a voz do Phil da uma pitada de intensidade no conjunto. Já me arrepiou muito. Gosto de músicas com altos e baixos e com imagens de paixões ardentes. Foi a primeira música do ex-vocalista do grupo britânico Genesis que me chamou a atenção.

Take A Look At Me Now
Dê Uma olhada Em Mim Agora
video

Live To Tell é o carro chefe da trilha do filme At Close Range (Caminhos Violentos), 1986. Também não vi o drama estrelado por Sean Penn, Christopher Walken e Mary Stuart. A sinopse não fica tão clara no clipe, trata-se de um pai (Walken) que volta ao lar muitos anos depois de abandoná-lo, e tenta trazer para o seu lado o rebelde filho mais velho (Penn). Nessa época, Madonna era casada com Sean e deu uma bela alavancada no filme com sua música e na carreira com uma postura mais madura. O vídeo é dirigido pelo mesmo diretor do filme, e assim como a música Take A Look At Me NowLive To Tell também arrepiava. Foi a primeira música com ar mais romântico da diva do Pop. Não encontrei a capa da trilha sonora do filme, é possível que não tenha sido lançada, já que a faixa faz parte do álbum True Blue da Madonna.

Live To Tell
Viver Para Contar
video
Editado em 04/02/13.

Nenhum comentário:

Postar um comentário